Os Gato Fedorento têm recebido ameaças da extrema direita, via Internet, na sequência do outdoor satírico que colocaram junto ao do PNR no Marquês de Pombal.

Situações como esta revoltam quem acredita na liberdade de expressão e na justiça social enquanto direitos adquiridos… mas a verdade é que isto acontece no mesmo país que elegeu Salazar como o grande português de sempre! O que é que se passa? Os saudosistas do fascismo tornaram-se maioritários?

Não tão grave como as intimidações nazis, mas mais inesperado e intrigante, foi a prontidão com que a Câmara de Lisboa, na sexta-feira passada, feriado nacional, mandou retirar o cartaz dos gatos por falta de licenciamento.

Aqui há gato… escondido com o rabo de fora!

Anúncios